Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Desp 212 - 2004

Salvar em PDF

 

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS

DESPACHO DO DIRETOR-GERAL Nº 212/2004 - DOU 18.5.2004

Em 14 de maio de 2004

O DIRETOR-GERAL da AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, no uso das suas atribuições, considerando o disposto na Portaria ANP nº 63, de 8 de abril de 1999, torna público os volumes autorizados, para a aquisição direta de centrais petroquímicas ou refinarias de petróleo, de solventes passíveis de uso como combustíveis, referentes ao mês de abril de 2004:

Empresa

Volume Autorizado (m³)

Empresa

Volume Autorizado(m³)

Agecom

737

Killing

1.350

Akzo Nobel

960

Luiz Rauter

400

Amazonas Calçados (3)

1.057

Manguinhos Distribuidora

3.033

Anjo

1.330

Maris

1.083

Aromat

400

Olicon

760

Artecola

200

Oxiteno

60

Atlanta

1.820

Petrobras Distribuidora S/A

17.037

Bandeirante Química

10.435

Belsul (1)

1.456

Petrolusa

322

Benzoato do Brasil

620

Pistóia

690

Best Química

5.020

Platinun Chemical

3.900

Brenntag Química

1.457

Plastiquímica

1.000

Cacique

1.127

Policouro

15

Carbono

8.199

Polisol

300

Chemisol

2.048

Química Industrial Paulista

1.903

Cimpel

45

Química Una

150

Cobrax

598

Renner Hermann

11 7

Coper Químicos

2.500

Resibril

1.963

Coremal

970

Resicryl

400

Dovac

400

Sayerlack

1.935

Du Pont Coatings

2.975

Shell Brasil

5.290

Elffi

4.000

Tempo

900

Exxon

5.368

Tintas Rech

400

Farben

555

UniOil Lubrificantes

5.300

Farmabras

2.030

Unipar Comercial

2.100

IGK Kober (2)

9.920

Unipar Divisão Química

3.182

Ipiranga Química

7.099

Verquímica

5.210

(1) Em cumprimento à decisão judicial proferida pelo Juízo da 1ª Vara Cível da Justiça Federal do Distrito Federal, nos autos da Ação Ordinária nº 2002.34.00.0026601-3.

(2) Em cumprimento à decisão judicial proferida pelo Juízo da 9ª Vara Cível da Justiça Federal do Distrito Federal, nos autos do Mandado de Segurança nº 1999.32194-6.

(3) Inclui as unidades industriais Paraibor e Quimicam.

SEBASTIÃO DO REGO BARROS
Fim do conteúdo da página