Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Legislação Federal > Portarias > DNC > 1996 > PDNC 3 - 1996
Início do conteúdo da página

PDNC 3 - 1996

Salvar em PDF

 



PORTARIA DNC Nº 3, DE 2.2.1996

Constitui Comissão Especial incumbida de receber, efetuar todos os testes de conformidade e verificação, dos 16 veículos marca GM/IPANEMA - GL 1.8, ano 1996.

Revogada pela Portaria ANP nº 374, de 4.11.2016 – DOU 7.11.2016 – Efeitos a partir de 7.11.2016.

O DIRETOR DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE COMBUSTÍVEIS, no uso da atribuição que lhe confere o inciso VI do Art. 122, do Regimento Interno aprovado pela Portaria nº 65, de 11 de fevereiro de 1993, publicada no Diário Oficial de 12 seguinte, e tendo em vista o disposto no § 8º do art. 15, da Lei nº 8.666/93, resolve:

I - Designar os servidores adiante relacionados para, sob a presidência do primeiro e sem prejuízo de suas atribuições regulamentares, constituírem Comissão Especial incumbida de receber, efetuar todos os testes de conformidade e verificação, inclusive no que respeita os equipamentos de cada um dos 16 (dezesseis) veículos marca GM/IPANEMA - GL 1.8, ano 1996, conforme especificado na Proposta de Fornecimento nº 140 da Companhia Comercial de Automóveis - CCA, vencedora do certame licitório de que trata o Processo nº 48300.009459/95-46.

PAULO CÉSAR GONÇALVES DE OLIVEIRA

Chefe do Serviço de Atividades Gerais - SERAG/DIAD

AÉCIO DE MOURA LUCAS - SERAG/DIAD

Motorista Oficial / SERAG/DIAD

ONILDO DA SILVA

Motorista Oficial - SERAG/DIAD

GERALDO ADELINO TORRES

Motorista Oficial - SERAG/DIAD

PAULO JOSÉ DE OLIVEIRA

Fiscal de Derivados de Petróleo e Outros Combustíveis - DIFIS

II - A Comissão Especial ora designada deverá reportar-se ao Chefe da Divisão Administrativa, mediante relatório sucinto acerca das condições dos veículos entregues ao DNC pela Companhia Comercial de Automóveis - CCA, com vistas às providências subsequentes que couberem ser adotadas.

III - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

RICARDO PINTO PINHEIRO
Fim do conteúdo da página